Dive/SC e Telessaúde produzem vídeo com orientações a população sobre o combate ao Aedes aegypti

Qual o papel da população no combate ao mosquito Aedes aegypti? ​Para responder essa pergunta, a Diretoria de Vigilância Epidemiológica da Secretaria de Saúde de Santa Catarina (Dive/SC) e o Núcleo Telessaúde SC produziram um vídeo com orientações para a população sobre as ações de enfrentamento ao Aedes aegypti, mosquito transmissor dos vírus da dengue, da febre do chikungunya e da febre do zika vírus.

A apresentação é feita pelo coordenador do programa de controle da dengue em Santa Catarina e porta-voz da Sala Estadual de Situação de combate ao Aedes Aegypti, João Fuck. Ele traça um panorama sobre as doenças no país e no Estado, explica os hábitos do mosquito e as medidas que devem ser adotadas por cada pessoa para o monitoramento do ambiente onde vive e trabalha, buscando eliminar todos os possíveis criadouros do mosquito.

Outras ferramentas importantes são indicadas: o site produzido pelo Núcleo de Comunicação da Dive/SC – www.dengue.sc.gov.br – e o aplicativo para denúncias de potenciais criadouros do mosquito – DengueSC – produzido pelo Centro de Informática e Automação do Estado de Santa Catarina (CIASC).

Informações adicionais:
Letícia Wilson / Patrícia Pozzo
Núcleo de Comunicação
Diretoria de Vigilância Epidemiológica
Secretaria de Estado da Saúde
Fone: (48) 3664-7406
www.dive.sc.gov.br


Topo