Jogo on-line orienta sobre o combate ao Aedes aegypti de forma lúdica e educativa

Um robô que caminha pela casa com a missão de localizar e eliminar os criadouros do mosquito Aedes aegypti. Não deixar água parada em calhas, tampar totalmente as caixas d’água e colocar areia nos vasos de plantas são algumas das muitas ações que devem ser executadas pelo “Agente Nano”. Esse é o cenário do jogo on-line “Invasão aegypti”, desenvolvido pelos adolescentes do projeto Novos Talentos – SC Games, com orientação e apoio da Diretoria de Vigilância Epidemiológica de Santa Catarina (Dive/SC), lançado esta semana. Para progredir no jogo, é preciso eliminar corretamente os criadouros. Diretamente no navegador do computador, ou através do smartphone, o acesso ao jogo deve ser realizado pelo endereço www.projetoscgames.sc.gov.br/jogos/invasaoaegypti.

O pontapé inicial para a criação do jogo foi dado no dia 15 de dezembro de 2015, durante a formatura da nona turma do “Novos Talentos”, realizada no Centro Integrado de Cultura (CIC), em Florianópolis. Na ocasião, houve o lançamento do concurso “Que bicho é esse?”, com o objetivo de estimular os estudantes a criarem um personagem que pudesse ser utilizado posteriormente no jogo. Para sensibilizar os adolescentes, o Núcleo de Comunicação da Dive/SC preparou uma apresentação sobre o mosquito e as doenças que ele transmite – dengue, febre de chikungunya e febre do zika vírus. O propósito evoluiu, de modo que os alunos interessados decidiram criar não só o personagem, mas sim o jogo em seu contexto total, incluindo a história, os cenários e a sonorização.

Sobre o projeto Novos Talentos

O projeto “Novos Talentos SC Games” é uma iniciativa do Governo do Estado de Santa Catarina para incentivar crianças e adolescentes a atuarem nas áreas de TI (tecnologia da informação), games e entretenimento digital. Desde 2009, acolhe estudantes para estimular o empreendedorismo e formar mão de obra qualificada no setor, em especial games e entretenimento digital. No total, 360 alunos já foram formados.
O projeto é uma realização do CIASC (Centro de Informática e Automação do Estado de Santa Catarina) com apoio da FEESC (Fundação de Ensino e Engenharia de Santa Catarina); da Secretaria de Estado da Educação; da Secretaria de Estado e Desenvolvimento Sustantável; da Secretaria Municipal de Educação de Florianópolis; da Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC); da Universidade do Estado de Santa Catarina (UDESC); da Vertical Games e da Associação Catarinense de Empresa de Tecnologia (Acate), com patrocínio das empresas Palmsoft e Hoplon.
Outros jogos foram desenvolvidos pelos alunos e estagiários do projeto, tais como: “Cruz e Sousa, o poeta do Desterro”, “Rei Sustentável”, “Eco Aventura”, entre outros. Os estagiários são alunos de cursos de graduação em Jogos Digitais e Design e Ciências da Computação, oriundas de instituições de ensino da Grande Florianópolis.

Informações adicionais​ à imprensa​:
Letícia Wilson / Patrícia Pozzo
Núcleo de Comunicação
Diretoria de Vigilância Epidemiológica
Secretaria de Estado da Saúde
Fone: (48) 3664-7406​ | 3664.7402
O endereço de e-mail address está sendo protegido de spambots. Você precisa ativar o JavaScript enabled para vê-lo.


Topo