Santa Catarina registra casos de gripe mesmo com a proximidade do verão

Mesmo com as temperaturas mais elevadas, casos e mortes por gripe continuam sendo notificados em Santa Catarina. De acordo com o boletim divulgado nesta quinta-feira, 5, pela Secretaria de Estado da Saúde, através da Diretoria de Vigilância Epidemiológica de Santa Catarina (DIVE/SC), o estado registrou 14 novos casos de gripe, com cinco óbitos, no último mês. Ao total, 70 pacientes já morreram pela doença em 2019 em SC.

A responsável técnica pela influenza em Santa Catarina, Simone Bittencourt, ressalta que, apesar da circulação do vírus ser mais intensa no inverno, ele está presente todos os meses do ano. “Por esse motivo, mesmo agora com as temperaturas mais altas, medidas de prevenção não podem ser esquecidas”, destaca Bittencourt.

De acordo com a gerente de imunização da DIVE/SC, Lia Quaresma Coimbra, pessoas com gripe (influenza) devem evitar contato com outras pessoas. Em caso de suspeita, o paciente deve procurar atendimento médico o mais rápido possível. O tratamento precoce com Oseltamivir (Tamiflu) reduz tanto os sintomas quanto a ocorrência de complicações e está disponível em todas as unidades de saúde e hospitais de Santa Catarina. “A atenção deve ser ainda maior com idosos, crianças e doentes crônicos. Essas pessoas têm maior probabilidade de apresentar complicações se infectados pelo vírus Influenza”, finaliza Coimbra.

Para evitar a gripe, é necessário:
- Higienizar as mãos com água e sabão ou com álcool gel, principalmente depois de tossir ou espirrar. A higienização também é importante depois de usar o banheiro, antes das refeições, antes e depois de tocar os olhos, a boca e o nariz;
- Evitar tocar os olhos, nariz ou boca após contato com superfícies potencialmente contaminadas (corrimão, bancos, maçanetas etc);
- Evitar ambientes fechados e com aglomeração de pessoas;
- Manter os ambientes ventilados e arejados;
- Limpar com álcool superfícies e objetos que entram em contato frequente com as mãos, como mesas, teclados, maçanetas e corrimãos;
- Não compartilhar alimentos, copos, toalhas e demais objetos de uso pessoal;
- Manter hábitos de alimentação saudáveis, com ingestão de líquidos e realização de atividades físicas.

Últimos óbitos por gripe registrados em Santa Catarina
- Mulher, de 70 anos, residente em Correia Pinto. Tinha diabetes e doença renal
- Homem, de 86 anos, residente em Tubarão. Tinha diabetes e doença renal
- Menina, de 10 anos, residente em Florianópolis.
- Homem, de 72 anos, residente em Blumenau. Tinha doença cardiovascular, diabetes e obesidade.
- Mulher, de 82 anos, residente em Maringá/PR. Notificação do caso foi em Balneário Camboriú. Tinha diabetes.

Confira o último boletim (atualizado no dia 03/12) completo:

Visualizar em PDF

 

Assessoria de Comunicação DIVE/SC
Amanda Mariano
Bruna Matos
Patrícia Pozzo
Contatos: (48) 3664.7406 / 7402 / 7385
O endereço de e-mail address está sendo protegido de spambots. Você precisa ativar o JavaScript enabled para vê-lo.


Topo