Centro de Informações Estratégicas de Vigilância em Saúde / Unidade de Resposta Rápida (CIEVS / URR)

O novo Regulamento Sanitário Internacional (RSI) passou a vigorar em 15 de junho de 2007, sendo o instrumento chave de orientação para a proteção de disseminação internacional de doenças, objetivando detectar e responder oportunamente às ocorrências em saúde pública de importância Nacional (ESPII) ou internacional (ESPIN), independente de sua origem ou natureza.

Nesse contexto, os países signatários da Organização Mundial de Saúde (OMS) estruturaram uma Rede de Alerta e Resposta às Emergências em Saúde Pública, dotada de capacidade técnica e infraestrutura capaz de responder oportunamente a essas emergências, com funcionamento 24 horas por dia, 7 dias por semana.

No Brasil foi criado o Centro de Informações Estratégicas de Vigilância em Saúde (CIEVS), através da Portaria nº 30, de 7 julho de 2005, bem como foram estruturadas unidades de Alerta e Resposta às Emergências em Saúde Pública em cada uma das unidades federadas e capitais.

Em Santa Catarina, para constituir a Rede CIEVS, foi criada a Unidade de Resposta Rápida às Emergências em Saúde Pública (URR/SC), através da Portaria nº 156, de 13 de março de 2008, sob coordenação da Diretoria de Vigilância Epidemiológica (DIVE).

Dentre as atribuições da URR/SC, destaca-se o monitoramento de informações estratégicas de interesse para Saúde Pública, através dos diversos meios de comunicação formal e informal, objetivando a detecção precoce, verificação e resposta oportuna às emergências em saúde pública elencadas no Anexo II, da Portaria Ministerial nº 1.271 de 6 de junho de 2014, ou outros eventos de interesse.

Contato sobre emergências

 Telefones: (48) 3664-7410 / (48) 3664-7411

Sobreaviso: de segunda a sexta das 19h às 7h.

Sábado, domingo e feriados: (48) 9105 -5450

 E-mailO endereço de e-mail address está sendo protegido de spambots. Você precisa ativar o JavaScript enabled para vê-lo.

Alertas Epidemiológicos

  1.  Nota de alerta: Ocorrência de casos de hantavirose em Santa Catarina
  2. Alerta Epidemiológico - Detecção de Toxina Paralisante (PSP) em moluscos bivalves (ostras, vieiras, mexilhões e berbigões) em Santa Catarina
  3. Alerta Epidemiológico - Orientação aos serviços de saúde em situação de inundação 2017
  4. Nota de Alerta: orientações sobre procedimentos e condutas a serem adotados em casos de atendimento a pessoas que apresentem lesões, envenenamento ou intoxicação que possam caracterizar ato intencional.
    1. 1.1 Fluxograma para atendimento a casos suspeitos de lesão autoprovocada
  5. Alerta epidemiológico: orientações para prevenção de acidentes por animais peçonhentos e recomendações em casos de acidentes. 
  6. Alerta epidemiológico: Sobre os casos de mialgia aguda a esclarecer em Salvador/BA.
  7. ALERTA EPIDEMIOLÓGICO : caso confirmado de raiva canina no município de Jaborá/SC
  8. Alerta Epidemiológico - Detecção de Toxina Diarreia (DSP) em moluscos bivalves (ostras, vieiras, mexilhões e berbigões).
  9. Alerta Epidemiológico - Mormo
  10. Alerta Epidemiológico - Ebola
  11. Alerta Epidemiológico - 02 Chikungunya
  12. Alerta Epidemiológico - Chikungunya
  13. Alerta Epidemiológico - Prevenção de acidentes causados por animais peçonhentos, marinhos e terrestres
  14. Alerta Epidemiológico - Cólera
  15. Alerta Epidemiológico - Leptospirose
  16. Alerta Epidemiológico - Raiva
  17. Alerta Epidemiológico - Febre Amarela

 

Informe

  1. Normatização do Sobreaviso das Gerências Regionais de Saúde
  2. Atribuições do Sobreaviso (SA) das Gerências Regionais de Saúde

Protocolos

  1. Protocolo para o atendimento às pessoas em situação de violência sexual
Topo