Santa Catarina tem nove casos suspeitos de coinfecção por coronavírus e influenza, conhecida como ‘flurona’

A Secretaria de Saúde de Santa Catarina (SES/SC) investiga nove casos suspeitos de “flurona”, infecção simultânea de uma pessoa pelo coronavírus (Covid-19) e pelo vírus influenza (gripe). Os casos suspeitos foram identificados pelo Laboratório Central de Saúde Pública (LACEN) e foram enviados para o Laboratório de Referência Nacional para Santa Catarina, a Fundação Oswaldo Cruz (FIOCRUZ/RJ) para confirmação ou descarte. Até o momento, não há casos confirmados no estado.

Como os dois vírus são respiratórios, as medidas de prevenção para ambos são as mesmas: uso de máscara em locais fechados e ambientes aglomerados; higienização frequente das mãos com água e sabão ou álcool em gel; distanciamento social; isolamento em caso de sintomas respiratórios; e ventilação de ambientes. A Secretaria de Saúde reforça a necessidade de manter essas medidas para a prevenção tanto da Covid-19 quanto da gripe.

Flurona

Flurona foi o nome dado para a coinfecção pelo coronavírus e vírus influenza, ou seja, a infecção simultânea de uma mesma pessoa por esses dois vírus. No estado de Santa Catarina há, neste momento, a circulação de ambos os vírus, o que pode ocasionar a coinfecção.

A Secretaria de Saúde de Santa Catarina esclarece que a coinfecção Covid-19 e gripe pode ocorrer sempre que houver a infecção simultânea de uma pessoa por qualquer variante do coronavírus, com qualquer subtipagem do vírus influenza.

Informações adicionais para a imprensa:
Amanda Mariano / Bruna Matos / Patrícia Pozzo
NUCOM - Diretoria de Vigilância Epidemiológica (Dive)
Secretaria de Estado da Saúde
Fone: (48) 3664-7406 | 3664-7402
E-mail: Este endereço de email está sendo protegido de spambots. Você precisa do JavaScript ativado para vê-lo.
www.dive.sc.gov.br
Instagram: @divesantacatarina
Facebook: /divesantacatarina

© 2022 Your Company. All Rights Reserved. Designed By JoomShaper